Educação Corporativa: muito além do PowerPoint

Por Albírio Gonçalves A Educação Corporativa deve estimular a criação de ideias que proporcionem a materialização de sonhos (metas, objetivos e desejos) corporativos, profissionais e pessoais. Para tanto, ela precisa: (a) Ser mais inspiradora do que é hoje. (b) Proporcionar uma experiência de aprendizagem autêntica. (c) Favorecer o crescimento pessoal e profissional das pessoas, enfatizando, além do saber, o fazer e o ser. E isso não se consegue com slides de PowerPoint cheio de…

SAIBA MAIS

Performando em um mundo VUCA

Por Albírio Gonçalves Dentro de todas as incertezas, uma certeza: vivemos em um mundo volátil, incerto, complexo e ambíguo, ou seja, no mundo VUCA (Volatility, Uncertainty, Complexe-te, Ambiguity), termo em inglês cunhado no final dos anos 90, com origem no vocabulário militar. Atualmente, os ambientes e contextos de negócios caóticos parecem ser o que há de “mais normal”. As organizações estão confusas, os cenários podem mudar a qualquer momento,…

SAIBA MAIS

Desenvolvendo lideranças através da educação corporativa

Por Albírio Gonçalves O desenvolvimento das lideranças é imprescindível. O mundo muda velozmente e os líderes precisam evoluir. Habilidades e competências que levaram a êxitos passados, mesmo que recentes, não garantem que os levarão a conquistas futuras. É preciso avançar, sempre! Líderes que deixam de aprender são facilmente ultrapassados e se tornam defasados. Os negócios e os mercados crescem, mudam, fundem-se, transformam-se, e os líderes precisam acompanhar todos esses movimentos. Contudo,…

SAIBA MAIS

Chefe versus Líder, uma comparação sem sentido

Por Albírio Gonçalves É comum surgir em nossas timelines, nas redes sociais, inclusive no LinkedIn, imagens comparando chefes com líderes. Geralmente, estas imagens possuem muitas curtidas e vários comentários carregados de emoção. Mas será que fazem sentido? Eu não acredito! A minha experiência diz que não. A seguir, darei um exemplo… Uma vez, em uma palestra sobre liderança que ministrei, perguntei quem trabalhava – ou já havia trabalhado – com…

SAIBA MAIS