Não, você não é um fracasso, é o Brasil que está doente!

O Brasil está doente A coisa está difícil, e isso é bem diferente de não está fácil. O Brasil vive a ressaca de uma grande farra, com o detalhe de não ter sabido beber. No dia a dia, observo sorrisos frouxos, que mais parecem externar a alegria característica do “ser brasileiro” do que felicidade ou bem-estar. A atual e radical polarização política nas redes sociais demonstra que a insatisfação com as coisas do Brasil independe de ideologia política. Não, este […]

Por que muita gente (bem formada) compra o engodo?

  Chamo de engodo esta mania chata de dizer que todos podem tudo, que querer é poder, que as possibilidades de todos são iguais, que colhemos o que plantamos, que é só mentalizar e seguir a “regra de ouro” que o Universo cuidará para que as coisas aconteçam e blá, blá, blá. Acredito, veementemente, que podemos mais, mas que não podemos tudo, que as oportunidades são maiores para uns do que para outros, que mesmo “plantando” algo muito legal e […]

Eu não acredito e pronto! E você?

Não acredito em trajetórias de sucesso sempre ascendente, lineares e vitoriosas. Não mesmo! Acredito nas pessoas de sucesso que admitem que cometeram erros, apostaram errado algumas (às vezes, muitas) fichas, tiveram medos e falta de noção para mergulhar de cabeça em muitas empreitadas. Erros e acertos, derrotas e vitórias, fracassos e sucessos só fazem parte da vida dos que tentam, arriscam, persistem, aprendem, expõem-se e buscam a realização de seus sonhos, objetivos e metas, de maneira apaixonada, corajosa, determinada e […]

De quem será o mimimi mesmo?

Em minhas andanças pelo Brasil, tenho visto, ouvido e lido muitos comentários de quarentões e cinquentões reclamando dos young millennials, jovens entre 18 e 25 anos, que estão entrando no mercado de trabalho. Quem reclama diz que é uma turma mimada, sem compromisso, transgressora e cheia de mimimi. Será? A minha experiência com teamwork, alto desempenho e desenvolvimento de líderes, diz-me algo diferente. É verdade que muitos young millennials são voláteis, questionadores, quebram regras e não aceitam o famoso “porque […]

Cuidado com a decisão por feeling

É preciso ter cuidado com a decisão por feeling. Fico impressionado com os profissionais que cantam em verso e prosa que tomam as decisões mais importantes – na carreira, nos negócios e na vida – utilizando-se apenas de feeling. Será verdade? Particularmente, não acredito nisso. No entanto, acredito em feelings. Creio que as pessoas que os possuem e sabem utilizá-los são diferenciadas. Porém, as decisões complexas e importantes exigem que o(a) executivo(a) identifique valores, utilize metodologias de análises, ouça opiniões e discuta […]