A educação corporativa e o papel do educador no processo de aprendizagem

Por Albírio Gonçalves*| Faz muitos anos que venho trabalhando para proporcionar uma experiência de aprendizagem rica para as pessoas e lucrativa para as empresas e posso dizer que acredito que tenho conseguido. Isso significa que preciso ficar ainda mais atento às mudanças do mundo. Por quê? O mundo está mudando rápido demais. E, percebam: com este ritmo louco de inovações e mudanças, as nossas interações com o mundo nos moldam e, em troca, moldamos o mundo, em um espiral de […]

Educação Corporativa: muito além do PowerPoint

Por Albírio Gonçalves | A Educação Corporativa deve estimular a criação de ideias que proporcionem a materialização de sonhos (metas, objetivos e desejos) corporativos, profissionais e pessoais. Para tanto, ela precisa: (a) Ser mais inspiradora do que é hoje. (b) Proporcionar uma experiência de aprendizagem autêntica. (c) Favorecer o crescimento pessoal e profissional das pessoas, enfatizando, além do saber, o fazer e o ser. E isso não se consegue com slides de PowerPoint cheio de bullet points e textos reproduzidos de livros e sites da […]

Desenvolvendo lideranças através da educação corporativa

Por Albírio Gonçalves | O desenvolvimento das lideranças é imprescindível. O mundo muda velozmente e os líderes precisam evoluir. Habilidades e competências que levaram a êxitos passados, mesmo que recentes, não garantem que os levarão a conquistas futuras. É preciso avançar, sempre! Líderes que deixam de aprender são facilmente ultrapassados e se tornam defasados. Os negócios e os mercados crescem, mudam, fundem-se, transformam-se, e os líderes precisam acompanhar todos esses movimentos. Contudo, não basta apenas aprender, é preciso colocar em prática o […]

Empresa familiar: profissionalização ou morte

Por Albírio Gonçalves | Abrir mão da gestão do negócio, perder poder e status são os principais medos dos fundadores quando pensam em profissionalizar a sua empresa familiar. Afinal, muitas vezes, profissionalizar constitui a introdução de novos modelos de gestão e a entrada de executivos de mercado em seu “reino”. Entretanto, diante da atual complexidade do mundo dos negócios, só há duas saídas para as empresas familiares: profissionalização ou morte! Importante citar que profissionalizar não significa substituir a gestão familiar […]